terça-feira, 4 de março de 2008

12 Segundos de Oscuridad


Ah, os uruguaios... bom, minhas origens são daquela terra... daquela capital linda que é Montevidéu...

Desde a primeira vez que ouvi Jorge Drexler, apaixonei-me. Ele é simplesmente tudo de bom. E o novo álbum dele é absolutamente maravilhoso, ele é aquele artista que fica cada vez melhor. De ouvir sem parar, simplesmente sem parar.


Fora isso, todo dia eu agradeço pela volta do uruguaio e seu violão. Aquela música dá ânimo, dá vontade de sorrir. Ontem eu encontrei ele na passada, veio me cumprimentar (querido), dizer que era bom me ver de novo e tudo de bom pra mim e eu sei que ele fala de coração.

3 comentários:

Gabriel Gama disse...

Baixei esse cd aí uma vez e não gostei muito. A única música que eu achei boa foi o cover de High and Dry, do Radiohead.
E é verdade, o Toquinho é um cara simpático.
E eu também só gosto do centro "mais pra lá".

pablodelarocha disse...

jorge drexler é legal, apesar de não estar no meu player assassino (heuheuhe)
conheci a musica dele no oscar e tb curti muito, mas esse disco ainda não ouvi.

vou seguir tua recomendação

Amiga Bi disse...

Amiga, amei as músicas!! Tô ouvindo no site!! Vou comprar o cd dele hoje!! =) Bjocas