segunda-feira, 28 de maio de 2007

Duplicidade

E meu aniversário vem aí. E o de outras pessoas. E esse ano que é o ano do não sei o quê no horoscópo chinês, e talvez seja também por causa do frio, tem deixado as pessoas meio introspectivas, deprimidas e sem vontade de fazer festa. Eu adoro um furdunço, um juntamento, uma festa, muitos amigos, boas risadas. No entanto, confesso que também estou meio desmotivada para reuniõezinhas, apesar da festinha de sábado ter sido bem divertida. Só dá gente comendo pizza nas fotos!
Acho que o humor melhora com o clima. Na primavera e no verão tudo é mais fácil. No inverno as pessoas se concentram em coisas práticas: trabalho, estudos, concursos públicos, metas, juntar dinheiro, planejar as férias!!! Sim, hehehehe, estou pensando muito nisso. Muitos planos, muitos planos para as tão sonhadas férias!! A lua-de-mel de verdade, que a que a gente fez foi só a prévia.
Ontem, depois do Otorrino, fui encontrar a Dani na Redenção. Com crianças e gatos. Tinha uns filhotes de uma "raça nova", 'cianês' (hehehehe), as coisas mais fofas da face da terra. Mas o cara estava vendendo os gatinhos (eram 3), e eu sou contra comprar. Mas confesso que fiquei com vontade de levar. Ainda não sabemos se teremos outro gato. A Olívia é muito mimada, e bichinhos dão trabalho. E gastos. E o problema maior mesmo é quando se quer viajar, tem de ter com quem deixar e tal. A Olívia tem as babás dela, mas se tivermos outro gato, daí complica mais.
Essa minha personalidade geminiana às vezes me traz essas vontades contraditórias, mas faz parte.

5 comentários:

Taci disse...

Ai amiga, saiba que não és a única abençoada com vontades contraditórias. Essa escorpionina aqui também funde a cabeça pensando em coisas contraditórias. E é verdade, usamos o inverno pra ficar no aconchego do lar fazendo planos, bem o que estou fazendo. Beijos!

Marcelino, Pane i Vino disse...

A contradição é parte de todos os signos!!!! E o frio, que frio, hein? Eu gosto, mas esse ano até isso tá sendo estranho. É como diz o Renato Russo: nesses dias tão estranhos, fica a poeira se escondendo pelos cantos...
Beijos.

~*Vica*~ disse...

Pois é, tá todo mundo em casa matutando suas contradições, hehehe. Eu gosto de friozinho, não esse ar gélido e úmido!! E a poeira não tá pelos cantos, tá no ar, mesmo!! Senão, a gente não se atacava da rinite! ;)

Marcelino, Pane i Vino disse...

Hehehehe, muito boa!!!
Beijos.

Anônimo disse...

Vi, eu gosto tanto de frio...
beijo.
Larissa