terça-feira, 8 de junho de 2010

Porque as vacas dão leite...

Eu poderia dizer que algumas pessoas surpreendem, mas a verdade é que não me surpreendo muito. Há algo que umas pessoas classificariam de infantil em certas outras pessoas. Imaturidade, ou qualquer coisa de semelhante. Mas devo discordar. É muito além da imaturidade. É uma necessidade de ser melhor que os demais, ou, ainda, de sentir-me melhor, superior. E para isso, faz-se o quê? Tenta-se, ainda que a custa de passar ridículo, diminuir-se os outros. Só que certas atitudes falam por si só. Eu me sinto privilegiada por, em geral, não ter de falar nada porque eu levo muito a sério aquele ensinamento judaico do Lashon hara. As atitudes dos outros demonstram a que eles vieram, quais são seus valores ou apenas mostram que certos indivíduos não possuem quaisquer valores. Há criaturas que fazem do narcisismo um estilo de vida. E isso é algo que espelha o vazio que impera em muitas pessoas que se dizem pessoas hoje em dia. É preciso muito mais do que aparências para que um indivíduo possa ser chamado de pessoa. A verdade é que eu aprendi a simplesmente considerar esses seres “humanos” vazios, mesquinhos, invejosos, narcisistas, como não pessoas. Eles são coisas, e coisas que são, podem ser descartados. Já que não servem para nada mesmo.

Um comentário:

gabrieldivan disse...

O que tem de NEGO querendo DIMINUIR os outros impressiona. Impressiona mais o fato de que nem sempre isso tem um proposito direto (o que seria anti-etico, embora compreensivel). Muitas vezes se trata de um life-style.

Vamos desviando dessa gente louca que ganhamos mais.