quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Contos de fadas

Eu sempre gostei de contos de fadas. Um dos meus livros mais queridos, e um dos primeiros que comprei (provavelmente juntando a mesada), foi Contos de Charles Perrault, uma edição de capa dura, com as fábulas originais e algumas ilustrações antigas.
Ontem eu li um livrinho que comprei junto com o Mulheres que Correm com os Lobos: chama-se A Boa Sorte e é mais um desses livros no estilo O Segredo. Tem 120 páginas, mas é pequeno e a fonte usada é grande, devo ter levado no máximo meia hora para ler. É um livrinho bacana que utiliza uma fábula para tentar ensinar às pessoas que as oportunidades estão sempre aí, mas que temos que construir as condições para que possamos aproveitá-las. A fábula é bonitinha e serve bem como um livro para crianças.
Depois de lê-lo, retomei a leitura do Mulheres, e a autora fala sobre a fábula do Barba Azul e como ela é uma boa paródia de certos aspectos da psique das mulheres. Essa fábula, em especial, sempre foi uma das quais me impressiona mais, porque é extremamente violenta em comparação com outras.
Nessa, há mulheres mortas, há sangue, há o horror.
A Autora de Mulheres... nos fala como nós podemos, muitas vezes, casar com o Barba Azul sem nos apercebemos. Eu agora vejo bem isso. Ele parece distinto e agradável, diz que você pode fazer o que quiser, mas não pode abrir a portinha do quarto secreto, diz que ama o seu sorriso quando no fundo quer esmagar seu crânio para acabar com ele. Talvez nem toda mulher se identifique com isso (ainda bem), mas creio que muitas se identificarão.
Não sei se todas as mulheres devem ler esse livro Mulheres que Correm com os Lobos, ele é um livro difícil. Mas acho que seria salutar que lessem, ao menos, algumas partes dele. Ele tem 614 páginas, a fonte utilizada não é grande, portanto, tem bastante coisa para ler. Ele tem um índice por assuntos que talvez seja bem prático para quem procura algum insight sobre assunto específicos que dizem respeito somente às mulheres.

O interessante é que ela usa contos de fada para fazer análises psicológicas e o próximo livro que eu tenho que ler para o desafio literário é, justamente, um conto de fada: Alice no País das Maravilhas. Aliás, vocês já pararam para pensar porque a maioria das personagens principais nas fábulas são meninas ou mulheres?

4 comentários:

AdriB. disse...

Me interessei veramente pelos 2! E, olha, que nunca pensei o que acho de fábulas....

Vica disse...

Posso te emprestar a Boa Sorte e o outro te empresto assim que terminar de ler. Tô na página 100.

Lívia disse...

Alice no País das Maravilhas é ótimo, vc vai gostar de ler! =)
Bem legal seu blog, parabéns!

Dani disse...

Também gosto de contos de fadas. Tenho o "Mulheres que Correm com os Lobos", fica aqui na mesinha, vou lendo aos poucos. Não é mesmo um livrinho fácil, mas é bem bom!

Adorei seu blog também! :)
Beijos