domingo, 20 de abril de 2008

A maldade humana


Não, eu não vou falar da menina jogada pela janela. Isso é um horror e eu apenas espero que os culpados sejam efetivamente punidos.
Mas estava eu navegando e me deparei com essa notícia. As pessoas devem achar isso engraçado, suponho eu. Num mundo em que as pessoas, mesmo as pobres, estão ficando cada vez mais gordas e a obesidade já está sendo chamada de epidemia, um gato gordo parece algo engraçado, não?
Não. Eu não acho. Eu sinceramente acho que é maldade o dono do gato, no caso, a dona, deixar o bichinho comer tanto. Na matéria consta que ele come 3 vezes mais que um gato "normal". Ora, se o dono pode controlar o quanto o bichinho come, porque não o faz?? Isso pra mim é maldade, já que a obesidade em animais é tão grave quanto a obesidade em seres humanos e traz diversas implicações, como diabete, que farão o animalzinho sofrer.
Uma das gatas da minha mãe foi sacrificada há umas duas semanas. Ela era enorme de gorda, minha mãe, além de deixar a ração sempre disponível, ainda dava pão com geléia e comida para o bicho. Quando eu dizia que ela só deveria comer ração, eu era má: "pobrezinha, mas ela gosta de pão com geléia", dizia ela, como se eu fosse uma torturadora medieval por querer que o bicho comesse certo. Em dois meses, a gata secou por causa da diabete, estava tão fraca que não conseguia nem beber água, embora sentisse muita sede. No fim, minha mãe resolveu sacrificar. Eu não falo mais no assunto. Ela chorava e dizia que a gata não queria morrer. Também acho. E não queria ser obesa, mas ela deixou. E isso pra mim é maldade, sim.

10 comentários:

Ni - Ana Eliza disse...

eu morro de medo desses bichos que viram vítimas da carência e descontrole de seus donos.
Beijos e boa semana!

Virgínia disse...

Falaste bem: vítimas. Eu tenho medo dos donos!

Ana Cota disse...

De facto, a crueldade do ser humano não conhece limites. Como é possível tratar-se com tamanha leviandade um problema tão sério como a obesidade? Pobres animais que caem nas teias de pessoas tão insanas como essa senhora que exibe despudoradamente o bichinho. Enfim, sinais dos tempos alucinados em que vivemos...

Beijinhos
ana cota

Natália disse...

Obrigada pela dica lá no blog! Vou fazer isso na próxima vez!

Sobre os bichinhos, concordo! Minha sogra dava pão com geléia para o meu cachorrinho...eu pedia que não fizesse e ouvia a velha desculpa "ele gosta...". São mesmo vítimas.

Beijos!

Carol disse...

Eu acho o cúmulo qqer tipo de crueldade com qqer bichinho, seja um carroceiro chicoteando um cavalo (grrr) ou uma dona que 'superalimenta' seu gato. Esse tipo de coisa me tira do sério!!
bjus.

Bia disse...

Ei! então, já vou falando que no começo não vai ser muito fácil. Minha médica quis me dar um remedio pra diminuir o apetite, mas nao gosto mto de remedios entao nem quis. A dieta tem varias substituições que vc pode fazer, mas vo te passar a que faço normalmente:

de manhã, logo que acordar:
suco de limão (c/ adoçante)
2 torradas com requeijão light
um iogurte light
lanche: fruta ou barra de cereal
almoço: arroz e feijão (2 colheres de sopa) / 80 g de carne / verdura e legume a vontade (menos batata, esses trem)
lanche a tarde: uma fruta ou iogurte
jantar: sanduíche natural (eu normalmente faço com pão de forma, mussarela ou qjo frescal, atum ou fatias de peito de peru, pode por alface tomate, essas coisas), teoricamente eu nao poderia, mas como com um suco.
mais a noite como uma fruta.


é isso, basicamente... eu emagreci os 4 kg em 1 mes mais ou menos... e fiz alguns dias de exercicios (foram poucos)..


aaah uma coisa: tome MUUUITA água, muita msm...ajuda pra caramba..

bom é isso, espero q funcione!

bjao!

Marcelino, Pane i Vino disse...

É complicado. Bichos gordos são resiltados de donos que não tem noção do que é ter um bicho. Assim, como gente q trata bicho como gente!!

Comentarista Abalizado disse...

É isso mesmo... uma lástima o que os seres humanos "responsáveis" fazem com seus animais.

Quando não matam o animal por conta de toda a maldade que há nos corações humanos, matam pelo excesso de zelo, o que pode ser tão cruel quanto a primeira opção.

Mas, como exigir controle de seres que não conseguem escolher nem aquilo que eles mesmos ingerem?

Pobres dos animais que dependem dos discernimento humano para se alimentarem com decência... morrerão sempre!

Sissi disse...

vica, ainda tô devendo uma resposta sobre o que usar no lugar do bouclé, né? mas estou com o que usar no lugar de trabalho há muito tempo na cabeça. acho difícil conciliar critividade e roupinha prof. tem umas restrições muito específicas de certas áreas - advogadas, executivas... mas tem umas regras democráticas. vou postar e depois vc me fala se adiantou de algo. obrigada por não ter me abandonado! (pena que eu não tenho cartão fidelidade -ririri)

Ni - Ana Eliza disse...

Bah, eu revi meu comentário e eu ia dizer que morro de PENA desses animaizinhos e não de medo....eita!
beijocas flor