terça-feira, 29 de janeiro de 2008

O Perfume - história de um assassino


Quando entrei na faculdade, eu era um rato de biblioteca. Em muitos intervalos entre as aulas eu ia para a Biblioteca da PUC, e ficava caminhando entre as estantes, procurando algo que me chamasse a atenção. Um livrinho fino, de capa preta, que tinha apenas "O Rato" escrito na lombada me interessou, e eu o devorei num intervalo... na contracapa, havia algo sobre "O Perfume" de Patrick Süskind, uma comparação entre os livros. Fiquei com vontade de ler, mas na Biblioteca da PUC, pelo menos em 1996, este livro não estava disponível, então acabei não lendo.
A linda Rachel Hurd-Wood, com lindos cabelos acobreados (já falei que amo essa cor? Já, eu sei, mas não canso de repetir) ... acabei de simpatizar ainda mais com ela ao descobrir que ela foi a Wendy, do Peter Pan, num seriado da BBC...

Domingo, vi o filme baseado nesta obra. Ele não é um filme tão bom, mas é bem feito, e a história é muito instigante. Talvez porque eu seja muito sensível a cheiros... então todas as imagens me instigaram a imaginar o cheiro que a personagem principal, Jean-Baptiste, estava sentindo. A história é realmente interessante, o filme tem uma bela fotografia, e agora eu simplesmente terei que ler esse livro.

4 comentários:

Cris disse...

Bah, Vica, que engraçado. Eu comentei algo sobre Perfume contigo? Porque eu comecei a ler esse livro ontem! Achei muita coincidência! Estou na terceira parte. E adorando, só que cada parte que eu leio, eu imediatamente associo ao livro. Acho isso meio ruim, porque só consigo imaginar as cenas que já vi...

Mas é ótimo. Já prendeu a minha atenção = )

Beijo!

Vica disse...

Cris, que eu lembro, não comentaste, acho que foi coincidência. Estás gostando o livro? Eu tenho que achar uma brecha para lê-lo. Estou terminando O Passado, mas tenho mais 3 na fila...

Amiga Bi disse...

Ai, eu não gostei desse livro não! Achei tudo muito detalhado e cansativo! rs...

Carol disse...

oi gostei do livro...
e do filme...

vou querer ler esse outro, "o rato"...

bjs