terça-feira, 7 de agosto de 2007

Bad hair day


A bateção vai dando nos nervos. Os vidros estavam caindo, é a justificativa. Nós, sanduíches no meio do barulho: troca de vidros em cima, e embaixo. Trabalhe-se com um barulho desses.
O cabelo, uma coisa: ajeitadinho no que deu para fazer. Não há como um cabelo sobreviver a este clima. Li na Elle americana sobre uns produtos específicos para dias de chuva (embora hoje não esteja chovendo, ontem choveu e o cabelo foi seriamente afetado). Queria que esses produtos chegassem aqui. Vã esperança: a revista era de 2005.
Aguardo ansiosamente a minha Elle americana de setembro. Perdi a Sarah Jessica, espero que setembro seja um mês melhor. Meu amado me agourando e dizendo que não vou receber a revista. Pois vou, ora essa!
O café, uma tintura. Fazer o quê? Acrescentar um pouco d'água e rezar para não ter gastrite. Não estou reclamando, estou apenas constatando.
Aquele ditado "quando um não quer, dois não brigam", aplica-se a quase tudo. Serve para "não se pode ajudar quem não quer ser ajudado" e "não se pode cuidar de quem não deseja ser cuidado". Não se pode nada contra a vontade alheia, a não ser que se manipule, se chantageie ou se utilize de violência.
Minha mãe dizia, sempre citando a tia sei lá quem, que homem quando não quer, não adianta dar de colher. Serve para as mulheres, também. Triste é ver a metamorfose ao contrário: borboletas virando lagartas.
Enquanto isso em Lalaland: desafiaram-me. É, de novo. Esses desafios de blogs provavelmente servem para justificar a própria existência dos mesmos. As 5 melhores invenções da humanidade. Ainda estou pensando, ando sem inspiração, mas na verdade existem várias coisas que eu acho fantásticas nesse mundo, inventadas por seres humanos, dignas de nota. Aguardem.
Pelo menos o sol volta a brilhar nessa cidade. Este inverno já passou da hora, está me deprimindo totalmente. Quero poder usar uma roupa levinha, sapatos leves...
Eu quero sapatos novos (a Imelda Marcos que vive dentro de mim não sossega!). Botas novas, também. Um casaco de lã, mas isso tá difícil de achar nessa cidade. Acho todos caros e feios.
Vontade de sushi. E, argh!!! Eu preciso fazer as unhas. Tô surtando por falta de cabelereiro e manicureeeeee!!!

10 comentários:

Marcelino, Pane i Vino disse...

Quanta coisa!!!
Beijos.

Carla Arend disse...

resolvi fazer minhas próprias unhas... sinto uma notável textura acima das antigas cutículas.


nojo.
:)

Dani disse...

Pelo que lí..não fostes lá no Thippos...uma pena..acho que ias gostar dele...dá uma trégua...
hahahahaha
arisca..afinal não fostes a tantos que não gostastes?
hahahahaha
sorte..o meu cabelo precisa urgente do Elison..o problema é o $$$ só mês que vem!
beijos

Daniela disse...

Pois é.... Também estou com uma necessidade de cuidar do meu cabelo, das minhas unhas....... de ser paparicada num salão (por sinal acho que ultimamente é o único lugar que sou paparicada).
:)

Amber F. disse...

Tem um produto da Kerastase aqui que chama "Oléo-Relax Anti humidite", é ótimo pra não estragar escovas em dias chuvosos. E falando em cabelos e chuva, votaria na chapinha como uma das 5 melhores invenções da humanidade, rs...

AdriB. disse...

Adorei o "homem quando não quer, não adianta dar de colher"!!!!!!!
Tenho homem em casa e na vida e sei bem como é....

bjcas

AdriB. disse...

Tu tb foi ótima em "Esses desafios de blogs provavelmente servem para justificar a própria existência dos mesmos"!
Os desafios às vezes nos salvam da completa falta de idéias, né?

bjs

~*Vica*~ disse...

Bah, Adri, desafios são ótimos!! Ajudam a suprir a falta de idéias e a movimentar o blog! hehehehe

Simone disse...

Ai, Vica! Acho muito engraçada tua preocupação com o cabelo....

Bom, eu estou pensando se corto franja ou não... eis a questão! rsrsrs

~*Vica*~ disse...

Amber, eu conheço esse produto, mas é muito caroooo!! Recebi a Sarah Jessica e ainda não tive tempo de ler!!