quarta-feira, 4 de julho de 2007

Recorrente...

O tema férias passa pela minha cabeça de maneira recorrente. Saco cheio de tudo, sem vontade de postar, sem vontade de trabalhar, sem vontade de nada... quero festas, festas, praia, férias, risadas, filmes, danças, comidas gostosas, sol na pele... cheiro de mar... preguiça... nada de compromissos... nada de prazos, clientes, forum... não, só sombra e água de coco fresca.
Tô que nem a propaganda do Fiat Adventure, aquela que diz que "você precisa de mais contato com a natureza". Preciso me conectar com o mundo, com o verde, com Deus... levar mente e corpo pra longe daqui. Já ando com vontade de mudar de casa, de cidade, de país! Sonhando alto, alto, alto... e desejando, do fundo do coração, que eu tenha alguém para me acompanhar nos vôos, sempre. Porque o amor é lindo, mas às vezes, não dura pra sempre.
Porque o amor é lindo, mas às vezes ele é superficial.
Porque o amor é lindo, mas às vezes ele se desmancha na primeira tempestade.
Não, meus problemas não são com amor. São com pessoas que não sabem o que é isso. E é nessas horas que a gente precisa do amor, né? Nessas horas em que a gente se sente desconectada, vazia e sozinha.
Li um provérbio chinês que eu gostei muito: "me ame quando eu menos merecer, pois será quando eu mais precisar".
Fora isso, graças ao Marcelo, eu consegui terminar de ler o "Morreste-me" do Peixoto. Logo que ganhei, só pensava no meu avô lendo aquelas linhas e chorava, chorava... graças ao Marcelo consegui encarar o livro, e li, bem rapidinho, afinal ele é curtíssimo. E larguei o 31 songs um pouquinho para voltar ao "Nenhum Olhar"... aquele livro fantástico, mas pesadíssimo, que eu não consigo acabar.
(Pra quem disse que tava sem vontade de escrever, já tô escrevendo demais...)
E deixo um pedacinho do Morreste-me, do final, porque é lindo o que esse cara escreve:
"Descansa, pai, dorme pequenino, que levo teu nome e as tuas certezas e os teus sonhos no espaço dos meus. Descansa, não vou deixar que te aconteça mal. Não se aflija, pai. Sou forte nesta terra nos meus pés. Sou capaz e vou trabalhar e vou trazer de novo aqui o mundo que foi nosso. Vou mesmo, pai. O mundo solar. Reconhecê-lo-ei, porque não o esqueci. E também o tempo será novo, e também a vida. Sem ti e sempre contigo. A tua voz a dizer orienta-te, rapaz. Não se apoquente, pai. Eu oriento-me. Pai, não se preocupe comigo. Eu oriento-me. E vou".

10 comentários:

Marcelino, Pane i Vino disse...

Fico feliz que a morte do meu vô tenha adiantado pra que tu entendesse a do teu!!!
Beijos.

Carla disse...

Tocante isso do avô. Um dos meus faleceu antes de eu nascer; com o outro eu tinha pouco contato, mas a perda doeu. Especialmente por ver a minha mãe daquele jeito... sem chão.

E que as férias chegeum logo!
Ninguém suporta mais, hehehe


Bjs

Dani disse...

Pois é, eu reclamava tanto dos passeios pro meio do mato, mas hj tenho mta saudade de mato, viagens, lugares diferentes... Com uma boa companhia, então, deve ficar perfeito!
Muito emocionante o trecho do livro! Eu não conheci os meus avôs, mas tento imaginar como seria.

Beijos

Carol disse...

é, eu também tô sem saco pra nada...
E falando sério agora: to pensando em me demitir até o final do ano.
Mas depois eu converso contigo sobre isso, em off. Já que aqui é só pra leitores convidados, ninguem do escritório vai ler esse meu desabafo... só tu e teus queridos amigos...
oh...
beijus!!
Ah, eu to adorando a "menina que roubava livros".
mas fiquei a fim de ler esse livro que comentaste...

Mrs. Potter disse...

Queridona,
li as primeiras palavras do trecho do livro que você postou e já estou eu aqui sentada com as lágrimas que eu não consigo segurar. Se leio esse livro, acho que choro pro resto da vida. Muita saudade do meu pai.

Mrs. Potter disse...

Depois de ir ao banheiro tentar disfarçar a cara de choro, lembrei que eu vim aqui pra falar do Adam! Ele é o maior "pegador", já namorou uma penca de atrizes de Hollywood. Esse homem é feio, mas ele pode, viu?!
;o)

Dani disse...

Cansada?
Eu cansada de vampiros...que coisa é o homem..sabe ser ruim...
Vou pintar o cabelo...quando me sinto mal..pinto o cabelo..hahahaha
Quero escurecer.
Queria algo chocolate..vou olhar as cartelas de cores por aí...
alfaparf são lindas....
Se for me responder..eu torquei de email..tá no post abaixo o novo viu?
Hei aqui dani faxina
beijos

~*Vica*~ disse...

Dani, pois é, eu também detestava praia e agora amo...
Mrs. Potter, o Adam é lindo, fala sério!!! Amo ele desde sempre!!!!
E se tu lesses esse livro choraria para sempre, mesmo. Mas é muito lindo.
Carol, vê se aparece no msn, guria!!
E Dani (ex-faxina), já tá anotadinho teu novo mail. Beijos pra todo mundo.

Mrs. Potter disse...

Eu também acho o Adam lindo, Vica!
Você sabe!

Mas eu sei que ele é feio, você entende? É uma coisa muito maior do que um rostinho bonito, ai ai...

Carol disse...

Ai vica, msn só de dia... até as 18h30 min...
depois q chego em casa, ligar o computador é a última coisa que eu quero...
Também vou pintar o cabelo, com a cor de sempre: preto mortícia!!!
beijussss
Carol