terça-feira, 4 de julho de 2006

Sobriedade (ou A Difícil Arte de Viver)

Imagem do SXC, by José Torres.



Meu amado diz que eu ando a Rainha da Eficiência. Eficiente eu já sou, mas agora, segundo ele, eu ando agindo como um gerenciador de equipes, falando mensagens motivacionais pra todo mundo, inclusive pra ele. Tudo isso porque eu disse: "atitudes negativas geram resultados negativos". Não falo em pensamento positivo. Não adianta só pensar. A gente tem que agir. Tranformar coisas negativas em resultados positivos. Eu, por exemplo, estou cada vez melhor nisso. Tinha mania de ficar imaginando situações tristes, conflitos e brigas e acabava sempre me deprimindo com esses pensamentos. Consegui inverter isso: eu imagino conflitos e brigas que gostaria de ter e vou desenvolvendo as cenas, até que elas cheguem a um resultado positivo. Creio que isso faz com que eu seja tão paciente e consiga manter a calma e a compostura em situações em que outras pessoas perdem a cabeça.
O que não quer dizer, é claro, que eu tenha nervos de aço.
Mas na verdade eu sou super egoísta, geralmente me estresso com coisas só minhas e não com as atitudes das pessoas em relação a mim. Eu sei que certas reações não são essencialmente causadas por atitudes minhas ou por qualquer coisa relacionada a mim intrínsecamente. São reações das pessoas à situações em que elas se vêem desprevenidas, despreparadas.
Especialmente com pessoas invejosas, eu não me preocupo muito. Li um texto fantástico da Fernanda Young na Revista Cláudia de junho sobre isso. E acho que ela tem toda razão. E como disse o instrutor de aeróbica de um amigo meu: "vamos bater palmas aos invejosos, porque enquanto eles perdem tempo nos invejando, nós estamos batalhando e brilhando muito". Outro cara que sabe o que diz.
Mas falando sobre o título do post...
É difícil viver neste estado de constante sobriedade em que eu vivo, hoje em dia. A maioria das pessoas passa bebendo de 5a. a domingo, fumando maconha e tomando antidepressivos. Eu, não fumo cigarro, muito menos maconha, mal tomo uma aspirina, a não ser que a dor de cabeça aperte e tenho bebido muuuuuito raramente. Só que a vida cotidiana é realmente estressante, é bem difícil ser zen, deitar a cabecinha no travesseiro e esquecer de tudo que se tem que fazer e resolver... eu tento, eu consigo, eu tento, eu consigo, mas às vezes queria enfiar a cara numa boa garrafa de Mummmmmmm (ai, que delícia) ou de um bom vinho e ficar "só-rindo", bebinha e alienada.

7 comentários:

Marce disse...

Estamos com o mesmo espírito otimista hoje... mesmo eu, tendo destruido o template que tu fez pra mim... hahaha
Até já arrumei... só tem alguns detalhes, mas isso é tarefa para a Super Vica... sem querer abusar dessa boa fase, claro!
Nos vemos amanhã.
Beijinho

Dani disse...

É otimismo é contagiante nas super amigas!!!! Que bom!!!
Tb acredito que pensamento positivo sozinho é tão nocivo quanto o pensamento negativo. Mas uma atitude positiva certamente leva a muitas coisas positivas.
Só não te exige mto, amiga.
Às vezes, a super Vica tb precisa enfiar a cara numa garrafa e ficar bebinha e alienada. Não há nada de errado nisso.
Beijos

Julie disse...

Acho que o melhor é seguir, um dia depois do outro.
Passos lentos mas retos.
Voce esta indo muito bem!
Beijo

Dani F. disse...

Hahahaha
Como vc não faço nada destas coisas...mas vencer o stress é algo quase inatingível..sou estressado por nascença, por personalidade doida e irriquieta..enfim sou um turbilhão.
beijo Vica

Carol disse...

acho que ver o lado positivo das coisas já ajuda bastante...
é como dizem: é melhor ver o copo meio cheio do que meio vazio!!!!

beijosssss
Carol

Caiê disse...

Lendo isto, até fico com a ideia de que também sou eficiente!

Luci disse...

cada vez mais eu acredito que pensamwntos e atitudes positivas, geram resultados positivos!!

E é muito bom viver na sobriedade, consciente... eu larguei todos os meus vícios "noturnos" que me faziam mal. Confesso que estou bem melhor sem eles. Mas de vez em quando devemos chutar o pau da barraca e mergulhar num copo de chopp só pra sair da rotina!!

Beijocas